6 dicas de como controlar as despesas da sua empresa

Postado em 31 de agosto de 2021

Finanças e vendas

Tempo de leitura: 2 minutos

Um dos maiores desafios ao administrar um negócio é saber como controlar as despesas, de maneira que sobre dinheiro para imprevistos e investimentos. 

Portanto, assegurar a saúde financeira do seu estabelecimento é fundamental para que ele cresça e gere lucratividade. Logo, é preciso tomar nota dos custos envolvidos na confecção e venda do seu produto e/ou serviço.

Confira como gerenciar os gastos da sua empresa com as 6 dicas a seguir!

1. Faça um planejamento

O planejamento financeiro serve para entender como está a situação do negócio agora, no intuito de traçar novos objetivos. Assim, é necessário rastrear quais os custos do estabelecimento e como eles funcionam.

Uma planilha de fluxo de caixa pode prever o faturamento, rendimentos e ganhos em curto, médio e longo prazo.  

Nesse sentido, a fim de que a empresa tenha um resultado mais real, o uso de um sistema de gestão comercial é eficaz para mapear as despesas e receitas.

2. Forme parcerias com os fornecedores 

Sem dúvidas, uma das maneiras de controlar as despesas de um pequeno estabelecimento é saber ser parceiro dos fornecedores.

Isso significa que, mesmo que você possua fornecedores regulares, nada o impede de pesquisar valores mais baixos e melhores opções de prazos. Desse jeito, você pode negociar taxas mais em conta (comparando com concorrentes), abatendo alguns custos da sua empresa.  

3. Priorize os pagamentos em dia

Procure manter os pagamentos dos fornecedores sempre em dia. Caso apareça alguma dívida, converse com o seu parceiro de negócios e solicite uma renegociação.

Afinal, é melhor resolver essa questão o quanto antes, pois isso previne que você caia nos juros altos dos bancos, prejudicando suas vendas e a previsão de ganhos.

4. Solicite uma consultoria contábil

A orientação de um contador pode auxiliar na tomada de decisões estratégicas, além de manter a empresa legalizada perante a Receita Federal. Esse profissional também auxilia:

  • Na análise de impostos cobrados indevidamente;
  • No enquadramento adequado (porte e tipo de empresa);
  • Na elaboração do planejamento financeiro.

Portanto, é válido sim investir nesse serviço.

5. Analise o estoque

Levando em conta que a venda de um produto/serviço compreende outros gastos (fabricação, divulgação etc.), é óbvio que você quer que essas despesas valham a pena.

Portanto, é aqui que você consegue verificar se um produto está sendo vendido ou não. Para tal, use o inventário de estoque a fim de ter certeza que está comprando somente o que necessita.

6. Guarde dinheiro para emergências

O velho ditado diz que “o seguro morreu de velho” e ele pode ser aplicado nos negócios. Então, uma boa opção é aplicar um valor mensal na renda fixa ou em outro fundo de investimento sem tantas burocracias. O objetivo é se preparar para os contratempos.

Conclusão

Como vimos, saber controlar as despesas da sua empresa é uma tarefa essencial para melhorar o fluxo de caixa e obter maiores lucros no negócio. 

Então, se você deseja aprender mais sobre economia de custos, indicamos o artigo: “Redução de despesas: 6 itens em que sua empresa pode economizar”.

Também é importante contar com a tecnologia nessa tarefa, pois atualmente existem sistemas de gestão comercial eficientes, como o BITIS, um software pronto para facilitar a rotina financeira do seu negócio, reduzindo gastos e oferecendo recursos de controle das finanças. 

Gostou do conteúdo de hoje? Então, compartilhe esse artigo nas suas redes sociais!

voltar

Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin