Como equilibrar as finanças de uma empresa em 5 dicas

Postado em 26 de outubro de 2021

Finanças e vendas

Tempo de leitura: 2 minutos

Gerenciar um negócio sempre é um desafio, ainda mais quando falamos de como equilibrar as finanças de uma empresa.

Então, se você é um pequeno empreendedor e tem a tarefa de administrar sua pequena empresa, fique tranquilo, pois traremos 5 dicas que irão facilitar a tomada de decisão, mantendo suas finanças em dia. Confira!

1. Elabore um planejamento financeiro realista

Um planejamento financeiro realista trabalha baseado na realidade financeira atual do negócio, em comparação com a média de contas a pagar e a receber no período mensal.

Com isso, é possível criar uma base de orçamentos ajustada às demandas do seu estabelecimento.

Por fim, sempre revise o documento e, se preciso, faça os ajustes necessários, visando que ele demonstre fielmente a saúde financeira da empresa.

2. Esteja preparado para reverter um fluxo de caixa negativo

Um fluxo de caixa negativo representa um grande perigo para uma pequena empresa. Geralmente, a raiz deste problema está na inadimplência dos clientes.

Por isso, invista em negociações para o quitamento das dívidas, realizando, por exemplo, o ajuste de prazos mais espaçosos ou então considere a possibilidade de abrir mão de taxas e juros de parcelas vencidas. Para evitar a inadimplência, também é válido realizar vendas no cartão e não permitir a venda fiado.

Como o financeiro é o “coração” de um pequeno negócio, tirar as contas do vermelho pode trazer esse órgão para o ritmo natural.

3. Separe as contas pessoais das empresariais

Além de favorecer a organização, separar as contas pessoais dos sócios das contas da empresa permite um controle exato do momento atual do empreendimento.

Aliás, ainda facilita na hora de prestar contas ao Fisco e em negociações com fornecedores e clientes.

4. Tenha atenção com os limites de crédito

Muitas empresas utilizam cartão de crédito e usam financiamentos junto às instituições bancárias para equilibrar as finanças do negócio.

Se esse for o seu caso, procure ficar dentro dos seus limites, os chamados “scores”, que são as pontuações de crédito. 

Assim, você evita que sua pontuação fique negativa no futuro, o que impediria, por exemplo, que um novo financiamento empresarial fosse concedido, para a abertura de uma nova loja ou lançamento de um produto novo.

5. Invista em um sistema de gestão financeira

Um sistema de gestão adequado ao seu empreendimento garante as finanças organizadas e o controle das despesas e receitas.

Com ele, dá para emitir notas fiscais de produto e de serviço, gerenciar o estoque, ordens de serviço, orçamentos e geração de diversos relatórios gerenciais.

Esse recurso também é primordial para manter os dados da sua empresa organizados e de fácil acesso, auxiliando na tomada de decisões.

Inclusive, com as ferramentas de gestão oferecidas por ele, você pode obter uma informação em poucos segundos, com facilidade e valores acessíveis.

Para completar, ter um sistema de gestão financeira, como o BITIS, por exemplo, proporciona uma visão realista do seu estabelecimento, bem como fornece os dados que auxiliam na gestão, em qualquer lugar, a qualquer momento e com suporte em tempo real.

Conclusão

Apesar do fato de possuir um estabelecimento ser uma grande conquista, é preciso ter noção de como equilibrar as finanças de uma empresa, de maneira que o negócio seja bem gerenciado e continue lucrativo.

Portanto, procure manter sua empresa nos trilhos fazendo uma boa gestão das contas. Mantenha as dicas mencionadas sempre em prática e procure segui-las regularmente. Assim, você garante um futuro promissor para seu empreendimento!

Gostou do artigo de hoje? Então, que tal aproveitar a oportunidade e continuar no nosso blog? Continue conosco, lendo o conteúdo: “O que é a Gestão 4.0?” Até mais!

voltar

Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin