Como emitir Notas Fiscais para lojas de materiais de construção e quais os tributos?

Postado em 08 de março de 2022

Fiscal e tributário

Com o aumento da demanda por serviços de alvenaria, elétricos e hidráulicos, e, independente de serem pequenas ou grandes restaurações, também aumentam as emissões de notas fiscais e tributações e com elas, os cálculos dos impostos. 

Preparamos este conteúdo para ajudar a entender a importância do controle fiscal e como lidar com ele.

Quando emitir a nota fiscal de entrada?

Segundo o artigo 1º da Lei nº 8.137/1990, a emissão da Nota Fiscal é obrigatória para empresas de todos os portes e segmentos, inclusive para as empresas públicas e de  terceiro setor (ONGs). Além disso, para lidar com tributos referentes às lojas de materiais de construção, é preciso que muitos pontos estejam em dia e funcionando adequadamente, desde o controle do estoque com inventário em dia, até o atendimento ao cliente, com as emissões de notas para o consumidor final.

A nota fiscal de entrada é referente a compra dos seus produtos que serão revendidos. Os itens que dão entrada no estoque precisam de uma NF-e de entrada, independente se o produto for unitário (un) como tubos, treliças, tijolos, por peso (kg), como cimento, cal e pregos ou por volume (m² ou m³), como areia, pedras, madeira, revestimentos, etc.

Nas construções e reformas, a NF-e de entrada é importante para a apropriação de materiais ou equipamentos para os centros de custos, que são as obras, mas mesmo assim você deve estar apto para fazer a devolução se for o caso. E para justificar a compra, mesmo quando seu fornecedor não oferece nota fiscal, você tem o recurso de dar entrada de forma manual em sua mercadoria, cumprindo sua obrigação fiscal.

Como emitir a NF de entrada?

A Nota Fiscal é gerada para comprovar a entrada de um produto em direção ao estoque. Este documento pode ser um arquivo XML, que através de um software de gestão você faz a importação dos itens de forma automática já “puxando” todas as características dos itens presentes na nota, como nome do produto, preço e código de barras, caso tenha. Ou a entrada pode ser de forma manual, adicionando item por item em seu estoque e ajustando cada um dos detalhes.

Principais Tributos De Uma Loja De Materiais De Construção

Saiba agora quais são os principais tributos que você precisará arcar para manter o controle fiscal:

  • IRPJ; 
  • CSLL; 
  • PIS;
  • Cofins; 
  • ICMS;
  • Impostos previdenciários; entre outros.

Para manter em dia e verificar a existência de outros tributos, contar com um suporte em contabilidade é essencial, eles te manterão informados sobre toda a parte de  controle fiscal da sua empresa.

Se você quiser saber mais, acesse o site da InfinitePay e  veja como funcionam estas tributações. 

Planejamento tributário

Com um planejamento adequado. É possível garantir a inserção de sua empresa no regime tributário correto, o que te ajuda a não pagar impostos indevidamente.

Confira, a seguir, duas dicas importantes de como manter o controle fiscal em dia de forma certeira e de acordo com a legislação.

Organização de prazos

Se manter em dia com os prazos de apuração dos tributos, é fundamental para evitar possíveis multas e problemas fiscais, para ajudarmos você e seu empreendimento, segue abaixo as datas para a quitação de alguns tributos e entregas de obrigações fiscais. 

CSLL e IRPJ

As apurações do CSLL e do IRPJ são feitas tanto mensalmente, quanto trimestrais ou anuais, dependendo de cada empresa.

COFINS e PIS

Tanto o CONFINS como o PIS as apurações são feitas mensalmente nas circunstâncias que tributam o lucro. Para eles a data é a mesma: dia 25 do mês seguinte ao apuramento.

IPI

A IPI deve ser apurada mensalmente e paga até o dia 25 de cada mês consecutivo.

Impostos previdenciários

Estas contribuições são feitas mensalmente, porém o recolhimento também pode acontecer de forma casual, por operação. 

Suporte contábil especializado

Um suporte contábil especializado e de qualidade será de muita ajuda para que sua empresa não tenha problemas com tributos a serem pagos. Eles também podem te ajudar  com um planejamento tributário para que você não perca prazos importantes.

Conclusão

Como pode ver, tanto a emissão de notas fiscais, como o controle de tributos a serem pagos, são pontos importantíssimos para o  controle fiscal de lojas de materiais de construção. Pois produtos diferentes podem ter tributação diferentes aplicados a ele, e com isso ter um estoque organizado facilita o controle fiscal de suas mercadorias a fim de organizar o que foi vendido e evitar perdas dos materiais de pouco giro.

Se você gostou do conteúdo não deixe de conferir nosso blog e saiba mais sobre assuntos fiscais e tributários!

voltar

Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin