Importância do Contador para a empresa

Postado em 12 de outubro de 2021

Fiscal e tributário

Tempo de leitura: 2 minutos

Você sabe qual a importância do contador para a empresa? Quem acha que a função dele é apenas enviar o imposto de renda está bem enganado. Mas, de fato, qual o seu papel dentro do negócio?

É sobre essas questões que o artigo falará. Fique ligado e saiba tudo sobre a importância do contador na sua empresa, seja ela de pequeno ou médio porte.

Como entender a importância do contador nas empresas?

Certo, o empresário pode(e deve) focar no seu empreendimento, mas como vai sobrar tempo para criar estratégias de crescimento do negócio e ainda seguir a lei? Como estabelecer metas sem infringir a lei? Justamente com a ajuda de um contador. 

Afinal, empreender é uma tarefa que envolve criatividade e inovação, mas essas atitudes também são acompanhadas dos conhecidos impostos, legislação a ser cumprida e obrigações trabalhistas. 

Pequenas e médias empresas precisam contratar um contador?

Sim, todas as empresas —  com exceção do MEI —  devem ter esse profissional, ainda que em serviços temporários, como no envio de declarações e na troca de regime tributário.

Na verdade, os contabilistas são colaboradores úteis em todas as fases do negócio, desde a formalização, manutenção, expansão e inclusive na baixa do CNPJ, caso ocorra. Logo, dá para ver o quanto eles são de suma relevância para a gestão financeira e, principalmente, fiscal.

Quanto ao MEI, apesar de não ser obrigatório, muitos empreendedores optam por contar com o profissional de contabilidade, já que ele facilita na tomada de decisões, principalmente quando a empresa está crescendo. 

Além disso, evitam que problemas maiores aconteçam, auxiliando o gestor nos cálculos fiscais, impedindo que o empreendedor contraia dívidas que podem prejudicar o desempenho econômico.

Quais as tarefas do contador dentro de uma empresa?

De modo geral, o contador desempenha diferentes funções dentro da empresa, entre elas: 

  • Elaboração de relatórios financeiros, avaliando riscos e ajudando no controle do fluxo de caixa;
  • Resolução das chamadas rotinas contábeis, obrigações do Fisco que as empresas têm de cumprir;
  • Ajuda na emissão de documentos, como as notas fiscais;
  • Desenvolvimento de medidas para prevenir passivos tributários (dívidas com o Fisco etc.);
  • Estudo de alternativas para redução dos encargos financeiros (possibilidades de descontos tributários);
  • Auxílio na contratação de colaboradores, ajustando o contrato conforme a CLT, evitando ações trabalhistas contra o negócio;
  • Consultor contábil: presta um serviço complementar à parte fiscal, se tornando um “braço direito” do empreendedor na tomada de decisões, ajudando-o a visualizar os prós e contras de cada decisão e indicando meios de alcançar os objetivos almejados.

Conclusão

Diante da situação fiscal e tributária do país, é fato que os empresários precisam estar por dentro da importância do contador nas empresas, uma vez que os serviços de um escritório de contabilidade tem sido cada dia mais indispensáveis no equilíbrio financeiro do negócio.

Dessa forma, a empresa precisa contar com ferramentas tecnológicas que facilitem o trabalho desse profissional. O sistema de gestão empresarial da BITIS, por exemplo, possui integração com o contador, em todos os planos.

Assim, ele poderá exercer seu trabalho mais facilmente, conseguindo avaliar toda a situação da empresa através de uma plataforma online. 

Com isso, ele consegue diagnosticar se a parte fiscal está de acordo com a legislação e se for preciso, sugerir correções e ajustar melhorias, identificando o que precisa ser corrigido ou melhorado, sempre mantendo a empresa em conformidade com a legislação brasileira, mesmo com as mudanças frequentes no setor contábil.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe esse artigo nas suas redes sociais!

voltar

Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin