Controle de estoque: o que é, como implantar e benefícios

Postado em 8 de setembro de 2020

Gestão de estoque

Tempo de leitura: 3 minutos

Na busca da obtenção de lucros em um negócio, as empresas podem encontrar diferentes caminhos. Um deles é fazer um bom controle de estoque.

A partir dessa gestão, muitos setores são beneficiados. Além disso, a gestão de estoque proporciona uma boa visão sobre o desempenho dos produtos.

Teve interesse em saber mais? Então, continue lendo este artigo para melhorar sua estratégia!

O que é controle de estoque?

Controle de estoque é fazer uma gestão de itens, registrando todas as mercadorias que entram e saem. São armazenados no estoque vários tipos de materiais, entre eles, as matérias-primas e ferramentas que proporcionam a confecção dos seus produtos até o resultado final, pronto para ser vendido ou revendido.

Essa gestão envolve várias informações, desde características físicas, como cores, peso, formato; até a quantidade de cada artigo e as movimentações no setor.

As informações coletadas impactam e otimizam serviços de outros setores, como Marketing, Vendas e o departamento de Compras.

Como o controle de estoque impacta pequenas empresas?

Muitos gestores estão acostumados a deixar a gestão de estoque em segundo plano, visto que uma empresa pequena não tem um estoque tão grande. Certamente, pensar dessa forma é um erro que pode resultar em prejuízos futuros.

O controle de estoque ajuda empresas de todos os portes a evitarem prejuízos significativos, como furtos, e avalia oportunidades de melhorias e negociação com fornecedores.

Além disso, os insumos obtidos por meio da gestão de estoque auxiliam na criação de promoções, na organizar demandas e, consequentemente, fazem sua empresa vender melhor. Isso porque você tem a possibilidade de encontrar os seus produtos que estão parados e aplicar uma estratégia para impulsionar a venda da mercadoria.

Como implementar o controle de estoque?

Aqui na Bitis a gente entende que ter um sistema comercial para controlar o seu estoque é uma grande oportunidade de sucesso no seu negócio. Sendo assim, aqui vão algumas dicas para você implementar agora mesmo!

Planejar compras com base em projeções de venda

Fazer a previsão de demandas é muito importante para você otimizar o controle do seu estoque. Essa estratégia consegue prever a quantidade exata de produtos e serviços que serão necessários em cada período, garantindo a você uma compra mais precisa.

Além de garantir que não faltem os materiais nos momentos em que são mais procurados, o seu produto consegue girar mais rapidamente, desocupando lugares significativos para aumentar o seu número de vendas.

Para descobrir o período sazonal na prática você precisa analisar o histórico de saída das mercadorias e cruzar as informações do volume com o período. Assim, é possível planejar as compras futuras, eliminar o risco de receber produtos atrasados e lidar com a falta de materiais.

Categorizar produtos

Existem estoques de diferentes tamanhos. Para ter sucesso no controle, fazer uma categorização é a etapa mais importante. Você pode utilizar o Ótimo de Pareto, conhecido como curva ABC.

Ao utilizar essa representação gráfica você está separando em grupos os produtos mais importantes e responsáveis pela entrada de lucro — basta segmentar de acordo com sua movimentação. Leve em consideração a margem de resultados e a velocidade de reposição no estoque, separados em grupo A, B e C.

  • grupo A: o carro-chefe do seu negócio, aqueles produtos que, se faltarem, sua empresa para. São produtos revendidos, insumos para sua produção e até produtos de limpeza;
  • grupo B: não são os pedidos mais demandados, mas também não ficam parados durante muito tempo;
  • grupo C: é basicamente os produtos que você não precisa adquirir sempre e são obtidos em quantidades maiores apenas se o desconto for muito alto. Geralmente, são os materiais que sobram nessa divisão.

Fazer inventários periodicamente

O inventário é um procedimento obrigatório que precisa ser atualizado frequentemente. Para prevenir as falhas, esse procedimento deve ser atualizado com informações de entradas, saídas, quantidade e fluxo no setor.

Treinar os funcionários

A sua equipe deve estar sempre pronta para executar a gestão de estoque. Mantenha um líder para verificar a rotina do setor, a fim de garantir que a sua empresa funcione de forma orgânica.

Definir uma margem de perdas/danos

Sempre mantenha uma meta para que você não perca o controle de como seu produto está trabalhando, mesmo em estoque. Evitar perdas é muito importante e impacta o lucro diretamente. Dupla perda, no caso de produtos vencidos, é um fator que você deve medir para não acontecer.

Automatizar a gestão

Você não precisa depender de papéis, canetas e outras anotações. Com a evolução da internet e a tecnologia a seu favor, você pode usufruir de softwares equipados para registros de fluxos no setor e envio de relatórios. Tudo isso otimiza o seu tempo, para que você possa focar em decisões estratégicas importantes para o triunfo da empresa.

Os benefícios de um bom controle de estoque

Mesmo sabendo como fazer, veja o que mudará na sua empresa com a aplicação desse tipo de gestão. Ter um bom controle de estoque faz com que:

  • suas operações de compra sejam otimizados;
  • melhore seu controle de fornecedores;
  • auxilie no seu planejamento financeiro anual;
  • previna prejuízos e reduza custos;
  • controle maior do seu inventário;
  • obtenha relatórios gerenciais;
  • integre os demais setores da empresa;

O que você está esperando para mudar o seu negócio? Aqui na Bitis você pode otimizar a gestão e focar seus esforços para fazer a empresa crescer. Conheça nossas soluções!

voltar

Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin