Custos diretos e indiretos: o que são e 4 vantagens de conhecê-los!

Postado em 30 de dezembro de 2020

Inovação e tecnologia

Tempo de leitura: 3 minutos

Independentemente do porte ou ramo de atuação da empresa, é fundamental estabelecer métodos e critérios gerenciais, com o objetivo de garantir o melhor desempenho dos investimentos e contribuir para o crescimento do negócio. Neste quesito, é essencial entender e analisar os custos empresariais diretos e indiretos. 

Apesar de ser um assunto que gera grande impacto na rotina organizacional, muitos gestores ainda têm muito a aprender sobre a aplicabilidade desses conceitos na prática.

Neste artigo, além de ver exemplos práticos de cada um deles, você descobrirá o que são custos diretos e indiretos e as principais vantagens de conhecê-los. Acompanhe!

O que são custos?

O custo é todo tipo de investimento empresarial realizado em prol da produtividade do negócio. Ele pode representar, por exemplo, a aquisição de matéria-prima, contas de energia elétrica, salário dos colaboradores e manutenção de equipamentos.

O que são custos diretos?

São considerados diretos, todos os custos atribuídos à oferta do produto ou serviço prestado pela empresa.

Por estarem presentes no gerenciamento de produção do negócio, eles são facilmente mensurados sendo este o principal fator que os diferenciam dos custos indiretos.

Em uma loja de roupas, por exemplo, são considerados custos diretos os materiais utilizados para expor as peças (cabides, araras, entre outros).

O que são custos indiretos?

Já os custos indiretos são aqueles que pedem mais atenção para serem mensurados ou relacionados com os produtos e serviços da empresa.

Para você entender, vamos seguir os custos da loja de roupas, que exemplificamos anteriormente. Nesse tipo de comércio, os vendedores representam custos indiretos. 

Embora eles façam parte da gestão geral da empresa, estão indiretamente ligados à área responsável pela entrega do produto ao cliente. Assim, os custos com estes profissionais são considerados indiretos. 

Outros exemplos são os custos com energia elétrica, aluguel, seguros e máquinas.

Quais são as vantagens de conhecer os tipos de custos?

Conhecer os custos diretos e indiretos da sua empresa ajuda você a entender melhor o comportamento das finanças e a pensar em estratégias para melhorar o seu desempenho organizacional.

A seguir, elencamos as 4 principais vantagens em aplicar estes dois conceitos na gestão financeira da sua empresa.

1. Planejamento de orçamentos

Quando o assunto é gestão financeira, quanto mais dados e informações qualificadas você tiver, melhores serão os seus resultados.

A partir do momento em que o gestor consegue categorizar os custos diretos e indiretos do negócio, ele passa a ter um controle mais adequado das finanças. 

Com isso, fica mais fácil entender o comportamento dos custos, planejar orçamentos e estabelecer estratégias de otimização financeira.

2. Conhecimento sobre contas excedentes

Outro aspecto importante da categorização dos custos diretos e indiretos no seu negócio é que essa estratégia apresenta para você as contas excedentes.

Para entender quais são os custos imprescindíveis, é fundamental ter um mapeamento completo das informações — sendo isso que torna possível a identificação do que pode ser retirado e o que deve permanecer dentro das finanças.

3. Saúde do negócio

Mapear, gerir e conhecer as finanças da sua empresa são sinônimos de saúde e segurança para o negócio. Aqui, a avaliação dos custos diretos e indiretos é apenas uma parte dessa operação.

Além disso, toda a administração deve ser adequada e alinhada à realidade do seu negócio. Com o uso de tecnologia, como sistemas de gestão comercial, você garante ainda mais produtividade e qualidade.

4. Alinhamento do valor final dos produtos repassado ao consumidor 

Esse alinhamento tem um grande poder competitivo, já que ajuda a promover preços que farão diferença no seu mercado de atuação.

Ao conhecer os custos diretos e indiretos é possível definir um valor final para o seu produto alinhado com a realidade do mercado.

Gostou deste artigo sobre custos diretos e indiretos? Então aproveite para se cadastrar gratuitamente em nossa newsletter e receber outras dicas e conteúdos que vão ajudar na gestão financeira e operacional do seu negócio!

voltar